Arquivo

Posts Tagged ‘tetelestai’

Ele Vive

por Leonardo Gonçalves

Hoje é domingo de manhã,
Hoje o sol não quer brilhar
Tudo é solidão…
E elas vêm dizer:de madrugada ressurgiu

Não acredito em ilusões,
O sol da justiça se apagou
O mundo inteiro viu
Os cravos em suas mãos,
O seu corpo a sofrer,
Sua morte lá na cruz não consigo entender
E agora este túmulo vazio,
Esse anjo a questionar:
Porque procuro entre os mortos quem vivo está?

E hoje sou livre, pois Ele vive
Ele vive, Ele reina em mim, Em mim
Morte e pecado foi derrotado
E eu sou livre, eu sou livre enfim, de mim

Como Jesus ressuscitou
Da morte eterna para luz
Da água renasci
E faz sentido servir
Alguém melhor que eu

E hoje sou livre, pois ele vive
Ele vive, Ele reina em mim
E os que descansam no senhor
Quando voltar despertarão
E em sua carne enfim verão a Deus

Tetelestai!
Feliz Páscoa!
Feliz Liberdade!

Categorias:Ouvindo Tags:, , ,

Está consumado

[…]E, quando Jesus tomou o vinagre, disse: Está consumado. E, inclinando a cabeça, entregou o espírito.” (João 19:30)

O sermão no dia 09.01.2011 a meu ver foi muito impactante,  pequenas coisas que dizem mais do que as grandes, coisas simples que conseguem ser complexas. Essas palavras soam contraditórias, e não é de se assustar, pois somente aqueles a quem Ele escolheu poderá entender a Palavra de Deus! Naquele dia, assim que cheguei em casa, liguei meu computador e fiz um rascunho do que hoje posto, fiquei com medo que o tempo ou a correria do dia-a-dia apagasse de minha mente o que tinha aprendido!

Palavras são pedaços de nós que podemos exprimir, que se solta e é passada para o outro (isto escrito parece palavra de poeta enaltecendo sua habilidade… mas, é a verdade). Se assim não fosse a própria Palavra de Deus não afirmaria que

porque da abundância do seu coração fala a boca.” Lucas 6:45

Ou seja, é o que há dentro de nós que falamos.

Muitas vezes não paramos para analisar o significado das palavras, o que elas de mais profundo exprimem, e nos atemos somente ao superficial.

[…]Está consumado![…]”

Esta citação refere-se ao momento da crucificação, em que Jesus finalmente cumpre sua missão na terra e entrega Seu Espírito ao Pai. Assim como no Português as palavras em outras idiomas podem ter mais de um significado.

Você já parou para pensar nesta frase?

Na língua grega, o significado destas palavras é: “Está consumado! Quando Jesus, na cruz, a falou, não se tratava do lamento de uma vítima vencida pelas circunstâncias, mas o grito de um vencedor derrotando todos os seus adversários.

Na época de Jesus a palavra podia ser empregada em várias situações que vou aqui resumidamente mostrar:

Tarefa feita

Os servos e escravos usavam esta palavra sempre que terminavam um trabalho e levavam o fato ao conhecimento de seus senhores. O servo dizia: Tetélestai – Terminei a tarefa que me deste para fazer. Isto significa que o serviço fora feito como o senhor determinara e no tempo determinado.

Deus enviou Jesus no momento oportuno para consumar a tarefa que por diversas vezes fora testificado no Antigo Testamento, Ele é o Messias tão aguardado!

Consumei a obra que me confiaste para fazer” (Jo. 17.4).

Dívida paga na totalidade

O termo também significava “a dívida está completamente paga”. Se você comprasse algo “a prazo”, quando fizesse o último pagamento, o negociante lhe daria um recibo com a palavra “tetelestai”, ou seja, “quitado”. O débito fora totalmente pago. E assim fomos nós, Jesus pagou o débito que tínhamos com o inferno, débito que jamais poderíamos pagar, mesmo com nossos esforços e obras, nunca estaria pago.

…vós não fostes redimidos da vossa conduta sem finalidade com coisas corruptíveis, como prata e ouro, …mas com o sangue precioso de Cristo, como de Cordeiro sem mancha e sem defeito.” (1 Pedro 1:18, 19)

Alforria

Quando um escravo recebia sua alforria era gravado a ferro e fogo esta palavra para indicar que ele estava realmente livre, que o seu senhor tinha o libertado. Assim, ninguém poderia o questionar quanto sua liberdade e seu direito de ir e vir. E o mesmo fez Deus por intermédio de Jesus, ele escreveu em nossa alma Tetelestai, não com ferro e fogo, mas com o sangue de Jesus! O título para nossa alforria, para sermos livres.

Sentença cumprida

Durante o primeiro século, era prática comum pregar o documento de acusação de um preso na porta da sua cela. Os crimes de que era acusado e o castigo que lhe  tinha sido imposto, estavam descritos nesse documento. Depois do preso ter cumprido a sentença, o documento era retirado da porta, e cancelado pela aposição da palavra tetelestai – (cumprida na totalidade). O referido documento era-lhe então entregue, e ninguem podia jàmais acusá-lo dos mesmos crimes. Por ter cumprido toda a sentença, tinha pago na totalidade o preço das suas ofensas.

A vitória está ganha

Naquele tempo, a palavra tetelestai era tambem utilizada com relação a campanhas militares bem-sucedidas contra o inimigo. Quando um general regressava do campo de batalha e fazia marchar os seus  prisioneiros de guerra pelas ruas de Roma, costumava proclamar a sua vitória gritando: tetelestai… tetelestai…

Com este grito de vitória, fazia afirmação clara que o inimigo havia sido vencido e que o seu poderio havia sido quebrado: Missão terminada!

Deus é por diversas vezes na Bíblia citado como o Senhor dos Exércitos, e nas suas batalhas sempre triunfou! Enquanto o sangue de Jesus jorrava na cruz, também jorrava vitória! A vitória do Senhor dos Exércitos!

__________________________________

Muitas vezes nos esquecemos do grande amor do Senhor Jesus por nós e da grandeza de cada palavra, cada ato por Ele feito. Estudar a Palavra de Deus nós revela quão precioso e grande é o seu amor! Sim, nós verdadeiramente somos livres, a tarefa foi feita, a dívida foi totalmente paga, não somos mais escravos, temos nossa alforria e sentença foi cumprida, não podem mais nos cobrar por transgressões antigas, Jesus, o Senhor dos Exércitos venceu a batalha!

Maranata! Ora vem Senhor Jesus!